Portes de envio grátis a partir de 30€ e com peso até 500g, válido para Portugal e Espanha. Apoios
Papoila Negra

Papoila Negra

1,49 €
Com IVA

Variedade resistente de papoila, a cor desta cor varia de roxo escuro até à cor negra intensa. As várias camadas de pétalas fazem lembrar uma peónia. Após o crescimento, as cápsulas secas podem ser usadas em arranjos forais e armazenadas por um longo período de tempo.

Peso Líquido 1g

Itenerário tecnico da cultura da Papoila (Papaver somniferum)

Como cultivar papoila biológico?

Solo

A cultura prefere solos profundos, bem drenados, de textura média/pesada e ricos em cálcio. O pH deve oscilar entre 6.0 e 7.5.

Clima

A cultura prefere climas amenos e locais com boa exposição solar.

Fertilização

Poderá ser feita a incorporação de composto em fundo, devido às necessidades especiais da cultura em magnésio, ferro e boro.

Sementeira

Feita no local definitivo com 15 a 20 cm entre plantas e 30 a 61 cm entre linhas. Devido à semente ser muito pequena, deve ser realizada uma boa cama de sementeira.

Rega

Necessita de água no seu ciclo, especialmente durante a germinação/emergência, crescimento vegetativo e floração. O sistema de rega gota-a-gota é assim uma boa opção para a cultura.

Controlo de infestantes

O mulching com materiais orgânicos e a monda mecânica apresentam-se como opções válidas para diminuir a competição entre a cultura e as infestantes.

Controlo de pragas

Os afídeos e as tripes são duas pragas da cultura. Para o controlo dos afídeos deve ter-se atenção a fertilizações moderadas sem excesso de azoto, limitação natural com sebes em bordadura para favorecer os auxiliares, luta biológica com himenópteros parasitóides e predadores e, se necessário, pela aplicação de sabão de potássio ou azadiractina. As tripes podem ser controladas através do uso de plantas em bordadura favoráveis aos auxiliares antocorídeos (malmequeres, outras compostas) e pela luta biológica com ácaros predadores e antocorídeos.

Controlo de doenças

A esclerotínia e a podridão cinzenta são duas doenças da cultura. Para o controlo da esclerotínia devem ser realizadas rotações culturais adequadas (de 3 anos) e pelo uso de compassos largos. A podridão cinzenta pode ser controlada eliminando resto de plantas doentes, evitando excessos de vigor, evitando água sobre as plantas e aplicando argila bentonítica regularmente.


 

Novas Variedades
Novidades 2020
FL028-BAP001

Clientes que compraram este produto também compraram:

Produto adicionado aos seus favoritos

Para melhorar a sua experiência de utilização, este site usa cookies. Ao navegar está a aceitar a presente política. Para saber mais, consulte a nossa política de cookies.