Portes de envio grátis a partir de 30€ e com peso até 500g, válido para Portugal e Espanha. Apoios
Feijão grão seco 'Catarino' 100 g

Feijão grão seco 'Catarino' 100 g

2,99 €
Com IVA

Variedade tradicional de feijão seco bastante produtiva. O seu crescimento é rasteiro, não sendo adequada para climas muito quentes. Sendo uma cultura leguminosa não é exigente em termos de solo, podendo adaptar-se a várias condições. Na cozinha pode ser utilizada em vários pratos, apresentando a vantagem de quando cozinhado permanecer firme, com uma textura cremosa e um sabor suave.

ÉPOCA DE SEMENTEIRA

Itenerário tecnico da cultura da Feijão (Phaseolus vulgaris)

Como cultivar feijão biológico?

Sementeira

Feita no local definitivo, quando a temperatura do solo for superior a 18°C. Devido a ser uma cultura com germinação epígea é necessário uma correcta preparação do solo, de modo a evitar crostas superficiais e problemas na emergência das plântulas.

Solo

Deve ser de textura ligeira a média, ricos, bem drenados e sem salinidade excessiva, devido à cultura ser sensível neste campo. O pH ideal situa-se entre 6.0 e 6.5.

Clima

Prefere climas amenos para o seu normal crescimento, em que temperaturas muito baixas ou muito baixas durante a floração levam a menor rendimento da cultura. É uma cultura sensível a geadas.

Fertilização

Pode ser feita a incorporação prévia de algum composto afim de fornecer alguns nutrientes, pois mesmo sendo uma cultura leguminosa, necessita de algum azoto enquanto a simbiose com o rizóbio ainda não se encontra activa.

Rega

A rega gota-a-gota é uma boa opção para a cultura pois ajuda a evitar défices e excesso de água, para além de evitar água sobre as plantas e assim diminuir a possibilidade do surgimento de doenças.

Controlo de infestantes

Monda mecânica e mulching são as opções disponíveis para diminuir a competição entre as infestantes e a cultura.

Controlo de pragas

Os afídeos, mosca branca e tripes são pragas da cultura. Para o controlo dos afídeos pode realizar-se a limitação com sebes em bordadura para favorecer os auxiliares, luta biológica com himenópteros parasitóides e predadores e, se necessário, pulverizações com sabão de potássio ou azadiractina. O controlo da mosca branca é realizado através da colocação de placas amarelas com cola para detecção, luta biológica com himenópteros parasitóides e ácaros predadores e, se necessário, pulverizações com azadiractina. As tripes pode ser controladas através de plantas em bordadura favoráveis aos auxiliares antocorídeos (malmequeres e outras compostas) e pela luta biológica com ácaros predadores e antocorídeos.

Controlo de doenças

A antracnose, oídio e podridão cinzenta são três importantes doenças da cultura. A antracnose pode ser controlada através de tratamentos preventivos com fungicidas cúpricos durante períodos chuvosos. O oídio pode ser controlado através de compassos largos e, se necessário, pela aplicação de enxofre em pó polvilhável ou enxofre em pó + lithothamne (1:1) em polvilhação, devido a ser menos fitotóxico que o enxofre estreme. Por fim, a podridão cinzenta pode ser controlada através da eliminação de restos de plantas doentes, evitando excesso de vigor, evitando água sobre as plantas e aplicando argila bentonítica regularmente.

Novas Variedades
Novidades 2020
Hábito de Crescimento
Rasteiro
LE009-BA100g

Clientes que compraram este produto também compraram:

Produto adicionado aos seus favoritos

Para melhorar a sua experiência de utilização, este site usa cookies. Ao navegar está a aceitar a presente política. Para saber mais, consulte a nossa política de cookies.