Portes de envio grátis a partir de 30€ e com peso até 500g, válido para Portugal e Espanha. Apoios
Ervilha Maravilha de Kelvedon sementes biológicas

Ervilha 'Maravilha de Kelvedon' 32 g

1,49 €
Com IVA

Ervilhas de maturação precoce, é uma variedade produtiva que apresenta plantas de pequeno porte e vagens longas de cor verde. Bastante útil na horta para acompanhar pepinos, nabos ou cenouras. Indispensável nas suas sopas, para acompanhar ovos escalfados ou um arrozinho branco!

ÉPOCA DE SEMENTEIRA

Itinerário técnico da cultura da Ervilha (Pisum sativum)

Como cultivar ervilha biológica?

Sementeira

Feita no local definitivo, devendo a sementeira ser feita a uma profundidade suficiente de forma a evitar perdas pela alimentação de pássaros.

Solo

A cultura desenvolve-se em vários tipos de solo, desde texturas arenosas a argilosas, devendo ser sempre bem drenados e sem excesso de azoto, devendo este ser preparado previamente de forma a permitir um correcto arejamento do solo e evitar a sua compactação. O pH ideal para a cultura varia entre 6.0 e 7.5

Clima

É uma cultura que normalmente inicia o seu ciclo vegetativo com frio, indo as temperaturas crescendo com o desenvolvimento da planta. Temperaturas acima dos 29°C durante a ântese podem ter consequências negativas na produção da cultura.

Fertilização

Sendo uma cultura leguminosa é uma cultura melhoradora, pelo que o uso de composto deve ser feito de modo a suprir as necessidades da cultura e de azoto enquanto a simbiose com o rizóbio não está activa, durante a fase inicial do ciclo vegetativo. O fósforo também é um nutriente bastante importante para a cultura sendo que o proveniente no composto pode ser suficiente, caso contrário, recomenda-se o uso de algum fertilizante mineral.

Rega

Sendo uma cultura de Outono-Inverno, a precipitação deve ser suficiente para o seu desenvolvimento.

Controlo de infestantes

As falsas sementeiras são o primeiro método de controlo, seguido nas fases iniciais do ciclo da cultura a monda mecânica com grade de dentes flexíveis.

Controlo de pragas

Os afídeos são uma praga importante da cultura. Para o seu controlo deve usar-se a limitação natural com sebes em bordadura para favorecer os auxiliares, luta biológica com himenópteros parasitóides e predadores e, se necessário, por pulverizações com sabão de potássio ou azadiractina, para além de precipitações ocorridas durante a floração serem um bom agente de controlo.

Controlo de doenças

A fusariose, oídio e a podridão cinzenta são doenças da cultura. Para o controlo da fusariose devem ser realizadas rotações culturais adequadas, biofumigação e solarização do solo. O oídio é controlado através de compassos mais largos, aplicação de enxofre em pó polvilhável ou enxofre em pó + lithothamne (1:1) em polvilhação, devido a ser menos fitotóxico que o enxofre estreme. Por fim, a podridão cinzenta deve ser controlada através da eliminação de plantas doentes, evitar excessos de vigor, evitar água sobre as plantas e aplicar regularmente argila bentonítica.

Colheita

Quando as folhas ficam amarelas e secas e a humidade das ervilhas é de 17% ou menos, sendo idealmente de 14%, devendo a colheita ser realizada sem atrasos pois estes podem levar à abertura das vagens e percas de produção.

Hábito de Crescimento
Rasteiro
Nome científico
Pisum sativum L.
LE001-BAP001

Clientes que compraram este produto também compraram:

Produto adicionado aos seus favoritos

Para melhorar a sua experiência de utilização, este site usa cookies. Ao navegar está a aceitar a presente política. Para saber mais, consulte a nossa política de cookies.