Portes grátis para compras iguais ou superiores a 30€, até 500g, válido para Portugal. Apoios

Podemos encontrar diversos tipos de plantas aromáticas, podem ser frescas, ideais para aqueles pratos que não necessitam de muito tempo de cozedura (saladas e/ou molhos rápidos); secas, para as receitas que requerem um tempo mínimo de contacto com o calor de modo a libertarem o sabor e o aroma que estão concentrados no seu interior; ou desidratadas. Por norma, costumamos encontra-las nos mercados e em supermercados, onde são mais fáceis de adquirir. 

Precisa apenas de uma coisa: deixa-las ao lado de uma janela para se manterem saudáveis. Não requerem muito espaço nem grandes cuidados. É fácil, não é verdade?  No entanto, é necessário saber escolher as melhores ervas aromáticas. 

Continue a leitura. Neste post iremos recomendar as melhores ervas aromáticas que não podem faltar na sua cozinha!

Quais as ervas aromáticas mais procuradas?

Abaixo, mostramos-lhe as ervas aromáticas mais populares que o ajudarão a preencher as suas refeições de forma mais rápida e saudável.

Coentros 

Esta é a aromática mais utilizada em todo o mundo. O seu sabor forte e penetrante é a sua principal característica, assim como as suas pequenas folhas de cor verde intensa. Geralmente é usada para temperar caldos e sopas, mas também é aproveitada para preparar molhos, peixes e aves.

É muito comum na América Latina, Ásia, China, Tailândia, Índia e Vietnã.

Cebolinho 

O cebolinho pertence à família das aliáceas, é uma planta perene que pode crescer até 30 cm de altura, tem um sabor ligeiramente mais subtil e discreto do que a cebola branca que todos reconhecemos e, neste caso, o bolbo é não comestível.

Pode-se encontrar em fresco ou congelado, ambas as formas são úteis para as suas receitas, como molhos, azeite ou vinagretes que acompanham pratos de carne, arroz, peixes, sopas, saladas e sanduíches. Serve também para dar um toque de aroma à manteiga, ao queijo ou ao requeijão.

Erva-Cidreira

A erva-limão é muito utilizada na culinária asiática de inúmeras maneiras. É uma erva tropical perene cultivada ao ar livre em zonas de clima temperado, embora seja cada vez mais popular em zonas de clima frio.

Normalmente, encontra-se fresca, o que a torna muito adequada para todo o tipo de guisados e saladas. No entanto, também existe em seco e moído, mantendo aquele aroma de limão que a torna especial para acompanhar peixes, mariscos ou aves. Na verdade, é um ingrediente comum no caril da Índia e da Tailândia.

Tomilho 

O tomilho é utilizado principalmente no norte da África e no Mediterrâneo como condimento na culinária, embora além da fragrância e sabor que traz aos pratos, é uma fonte muito importante de nutrição, pois, contém propriedades medicinais que combatem cólicas, dores de estômago ou gases.

Devido ao sabor intenso que o caracteriza, realça naturalmente o gosto de outros alimentos, ajudando a reduzir o uso do sal como potenciador de sabores. 

É um ingrediente usado especialmente em legumes, ensopados, repolho e, para alimentos gordurosos e fritos, digere-se melhor, por essa razão o tomilho às vezes é adicionado como condimento em salsichas, queijos curados, carne de porco ou cordeiro.

Oregãos 

O oregão é um ingrediente muito popular usado em diversas receitas de cozinha, além de emanar um aroma bastante peculiar. As plantas de orégano precisam de muito sol, portanto, tente colocá-la num local onde possa receber luz solar; no entanto, também suportam áreas de semi-sombra.

Esta erva aromática é muito utilizada com tomate e em pratos italianos como massas, pizzas e lasanhas, embora também seja bastante usado em ensopados, sopas, pratos de arroz ou peixe, bem como em saladas ou pratos fritos.

Como pode ver, existem muitas variedades de plantas aromáticas para temperar as suas melhores receitas. Na Sementes Vivas pode encontrar tudo o que precisa, não hesite em perguntar-nos!

Comments (0)

Produto adicionado aos seus favoritos

Para melhorar a sua experiência de utilização, este site usa cookies. Ao navegar está a aceitar a presente política. Para saber mais, consulte a nossa política de cookies.