As sementes são reserva de vida e do conhecimento de gerações e gerações que se empenharam em apurá-las e preservá-las.

Quando uma semente acaba, perde-se biodiversidade e todo um património biológico e cultural. E é precisamente essa maravilhosa herança que queremos ajudar a recuperar e dar vida. Em cooperação com os agricultores, sociedade civil, municípios, universidades e outras instituições, recolhemos sementes biológicas locais, que preservámos, multiplicámos e estamos agora a devolver à comunidade. O nosso contributo para a preservação do carácter vincado de sabor e beleza únicos.

Da delicada rosa ao rústico nabo...
São portugueses de gema